Bibliografia de avaliação e inspeção

Engenharia de Avaliações

Neto, Alcides Ferrari, De Oliveira, Ana Maria de Biazzi Dias et all

Ibape SP e Editora Leud

2014

Livros azuis de engenharia de avaliação: Uma resenha.

 

 

Livro escrito por estudiosos e lideres em Engenharia de Avaliações, a sua primeira edição em 2007, logo se esgotou, exigindo uma nova edição, que foi reescrita e lançada em 2013, pelo Ibape SP e Editora Leud, em dois volumes. A obra traz de modo teórico e prático os conceitos e aplicações da avaliação. Nas suas quase 1.300 páginas descreve todas as modalidades de avaliação, individualizando-as e lhe dando um tratamento adequado. Apesar de tratar de temas como estatística, inferência estatística, análise de investimentos e engenharia econômica, sua leitura é suave.

O volume I possui treze capítulo e o volume II contempla nove capítulos. Os capítulos do volume I trata dos métodos básicos de avaliação e o capítulo II apresenta os métodos científicos de avaliação, técnicas especiais de avaliação, incorporação imobiliárias e empreendimentos, análise de investimentos e avaliação imobiliária.

É uma bibliografia recomendável para todos que atuam na avaliação de imóveis e judiciais.

Resenha do Livro Inspeção Predial Total: Diretrizes e laudos no enfoque da qualidade total e da engenharia diagnóstica.

 

Autores – Tito Ferreira Gomide, Jerônimo Cabral Pereira Fagundes Neto, Marco Antônio Gulo.

 

Editora Pini

 

Livro em segunda edição, escritos por autores de larga experiência e professores na área de inspeção predial, lecionando na maioria dos cursos de pós-graduação do País.

O objetivo do livro é divulgar uma “concepção completa da inspeção predial, reunido as análises da técnica construtivas e dos procedimentos de manutenção e a forma de uso da edificação” Introdução, página 5.  A inspeção predial está inserida na Engenharia diagnóstica, que surgiu para ordenar e classificar os serviços técnicos relacionados com as causas e efeitos das falhas ou patologias construtivas das edificações urbanas.

Um outro instrumento conectado as inspeções prediais é a NBR 16.280/2014 que trata da reforma em edificações, que a ser conjugada com plano de manutenção dos edifícios, NBR 5674/1999, é extremamente importante para a saúde das edificações urbanas.

O presente livro encontra-se dividido em sete partes, iniciando-se com inserção da inspeção predial na Engenharia Diagnóstica. Há uma definição precisa do que é inspeção predial: A inspeção predial é o cehckup da edificação, visando a boa qualidade predial e também a boa saúde de seus usuários. Ela requer o diagnóstico de seus sistemas para posteriores providências de reparos e serviços de manutenção predial. Capítulo I, página 10. É a partir do laudo de uma inspeção predial que se planeja os serviços de reparos e a produção do Plano de manutenção. A segunda parte trata da qualidade total que é o objetivo dos Incorporadores, Construtores e Consumidores. A terceira parte possui o intento de agregar na inspeção componentes técnicos e menos subjetivos. A seguir é considerado a manutenção predial que contribui para melhoria das condições físicas e saúde da edificação. O livro trata, ainda, das várias normas de inspeção, que tiveram origem na Entidade IBAPE, e que visam a segurança, a qualidade e a valorização das edificações. A luz das normas existentes tem-se os procedimentos corretos para execução de uma inspeção. Diante dos dados coletados e da documentação da edificação, através de das peças legais, tais como: matrícula; Escritura; regimento interno; e; outros, se escreve um Laudo de Inspeção, sendo este o produto final da inspeção predial.

Uma coleção de seis volumes que tratam de: Lei 5.194 /66, regula a profissão de Engenheiro; Resolução 345 do Confea; Visão da ABNT sobre atribuição profissional; Avaliação de Imóveis; Avaliação, o que é e como contratar; Inspeção predial, saúde dos edifícios

O sistema de hidráulico sanitário, em geral fica escondido nas paredes ou outros elementos construtivos. Não é este o problema principal, mas a falta de projetos e de mão de obra qualificada que fazem os serviços serem executados sem qualidade. rompimentos internos ou mesmo externos danificam a construção, ameaça a segurança e trazem problemas de saúde.

As Patologia das construções é a ciência que procura estudar os defeitos dos materiais, dos elementos, dos componentes de uma edificação como todo, diagnosticando aas causas, estabelecendo os mecanismos de evolução, as formas de manifestações e evolução, e as medidas de prevenção e recuperação.

Utilizando-se de seu conhecimento profissional e da experiência educacional o professor Roberto de Carvalho Júnior escreve o livro sobre Patologias em Sistemas Prediais Hidráulicos Sanitários, mostrando como identificar e corrigir as falhas proveniente de execução ou projetos. Inicialmente, ele descreve os defeitos e danos construtivos e as causas das patologias dos sistemas prediais. Então, ele trata das patologias nos diversos subsistemas, tais como água fria, água quente, esgoto e águas pluviais.

O estudo das patologias contribuem para o seu conhecimento e servem para aqueles que projetam os sistemas prediais, com o conhecimento adquirido, atenderam a norma de desempenho que está em vigor desde 2013.